Meus Objetos Vintages Sentimentais



Aqui é onde me sinto em casa, de todas as redes sociais que participo esse é lugar onde me sinto a vontade, o meu Blog.

Aqui eu sou a Juliana que qualquer pessoa pode encontrar na vida real, nas outras redes adotei um tom de reserva, não me exponho mais, continuo gostando de conhecer pessoas interessantes com algo em comum, mas agora estou na reserva.
Uma das coisas que eu gosto e faz parte da minha personalidade é compartilhar o que gosto, vejo, leio o que vou postar aqui hoje é meu gosto por objetos vintage, muitas vezes acho que nasci na época errada, eu adoro tecnologia, gosto do conforto proporcionado, mas gosto de mesclar com objetos que lembram o passado de onde toda essa "modernidade" veio. 

Alexandre é meu oposto, detesta qualquer coisa que lembre passado, pra ele só vale coisas novas e tem aversão com minhas coisinhas vintage rs. Recentemente tenho desenvolvido interesse por filmes do estilo anos 50, 60 gosto de ver o estilo pin up, os costumes, moda daquela época principalmente o lado feminino. 
Acho que as mulheres eram elegantes, sensuais sem vulgaridade e se gostavam de cuidar, era um estilo mulherzinha sem grandes pretensões rs.


Essa foto foi tirada do meu antigo balanço feito pelo meu falecido avô que faleceu esse ano no carnaval e que não pude me despedir, amava ficar ai nessa garagem de casa e cantar "fuscão preto" rss culpa do Chacrinha rs.


Ganhei essa Olivetti portatil da minha mãe e tem grande valor sentimental  está praticamente semi nova, a caixa está intacta, funciona perfeitamente, está comigo desde sempre. Minha sobrinha da geração nova geração Z veio passar férias comigo e me perguntou onde ligava a máquina e achou interessante porque já "imprimia" o papel , depois ficou espantada com a rusticidade do objeto e não se interessou rs.


Esse telefone é um Ericsson do fim da  década de 1960 para 1970, funciona super bem, Trim Trim!, e ganhei de minha grande amiga a Eva Mooer do Boteco do Café, que me fez essa surpresa querida, está no meu quarto e adoro girar o disco, Alexandre quer morrer né ele ama o telefone cheio de mega funções aqui de casa que eu nem sei pra que serve, só uso pra ligar, e ver quem me liga pra ver se atendo ou não rss.




Eu aprendi a ler e a escrever em casa antes de ir para a  pré escola com minha mãe na cartilha Caminho Suave,(alguém se lembra?) 


Porém foi com essa Revista a Seleções do Readers Digest que eu obtive o prazer da leitura, comecei a ler livros mais complexos e viajar o mundo com essa revista com uns 8 anos de idade, desde então eu coleciono edições antigas, tenho desde 1940 perdi uma de 1930 em um sebo pra outro colecionador, até hoje não me conformo rs.



E você gosta de algo vintage? 

22 comentários:

  1. Ju, Adoro!!! Gosto da moda retrógrada, principalmente o gosto musical anos 60, 70 e 80. De vez em quando os estilistas aproveitam este estilo para lançar os novos ( eles não resistem)
    Ah, eu tenho meu blog pelo mesmo sentimento que vc escreveu, não tenho muitas seguidoras mas faço por mim, para mim, é o local onde me sinto mais a vontade...onde descarrego meus pensamentos, minhas produções...enfim amo meu blog e amo blogar assim, compartilhando com pessoas legais sentimentos e idéias acho isso tão bacana!...
    beijos e bom dia pra ti!

    ResponderExcluir
  2. eu também sou da época do caminho suave (até comprei uma para o meu filho), adoro livros e filmes antigos...bjos.

    ResponderExcluir
  3. Também adoro peças antigas. Meu telefone tem mais de 20 anos e não o troco por nada! Adoro cantigas antigas, moda, peças. Também nasci na época errada. Também gosto do jeito que os homens tratavam as mulheres há tempos que não voltam mais...rsrs...
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Ju, tbm adoro o vintage, e claro que me lembrei da cartilha Caminho Suave, fiquei com muitas saudades...o tempo que não volta mais...

    Um super beijo

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro coisas vintage e hoje fiz um post sobre isso pois acordei com uma estampa na cabeça!
    Acordei saudosista lembrando da casa das minhas avós e tias...adoro anos 70, coisa boa que era ser criança.
    Beijos
    Glau

    ResponderExcluir
  6. Ju,
    vintage, velho, antiquado ou antigo não importa o nome, gosto de tudo, rs
    Caminho Suave é uma lembrança suave e o telefone vermelho é lindo, queria um para mim!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  7. Eu amei mesmo essa máquina de escrever, maravilhosa. Eu também curtoesses telefones, ainda quero ter um no quarto. Mas daqueles mais antigos, sabe????

    Adorei o post.

    Beijocas!
    Bia

    ResponderExcluir
  8. Oi Ju,

    Tambem gosto de coisas que nos mostram a evolução através dos tempos.
    Tenho relógios, canetas tinteiro, telefone e outras coisas mais.
    Quanto às Seleções o que a gente observa é uma verdadeira degradação da revista.
    Leio Seleções desde os seis anos de idade. Onde estão o “Meu tipo inesquecível”, aqueles resumos de livros e outras coisas mais. Pelas publicações antigas você nota que o tipo de cultura que ela transmite mudou, os tempos mudaram, né?
    Sem saudosismo eu continuo preferindo as antigas.

    bjo

    ResponderExcluir
  9. Ju, também tenho uma máquina de escrever igual, fica enfeitando...

    Agora Seleções são The Best,desde sempre leio !!! srrsrs
    Tenho aqueles que vem um monte junto que parece livro sabe, e adoro !!
    Sou vintage ?? rsrsrs

    Também gosto das redes sociais, mas é no Tacho que sou eu, sem ter que ficar pensando no que escrever para não dar fora !!

    Adorei as lembranças !!

    Bjus 1000 gata

    ResponderExcluir
  10. Ju,eu também adoro peças antigas.Vira e mexe vou a um brechó que tem aqui,com peças lindas que me encanta.Esse telefone na casa da minha tia tem um..rs Também estou em casa,quando escrevo e posto o que gosto no meu blog.Adorei sua foto de infância,que sorriso gostoso e simpática!

    Um beijoooo grande amiga do coração!

    ResponderExcluir
  11. Não curto coisas antigas, acho que porque morei com minha mãe uma vida e ela é uma acumuladora de coisas, se deixarmos o apartamento dela vira um depósito de tudo que ela encontra. Então associei coisas antigas com entulhos. Sei que não tem nada ver, mas fiquei traumatizada e pra completar, um dos meus maridos era assim também, aí acabou de me traumatizar de vez... rs... Então vivo com um saco na mão jogando tudo que acho inútil fora, meu apartamento é vazio, assim me sinto bem... rs

    Mas uma coisa eu concordo contigo completamente, meu blog é o espaço que me sinto mais eu mesma. Redes sociais até dou uma olhada e interajo, mas aqui nos blogs é que me solto mesmo.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  12. Adorei! Acredita que nao me lembro (!!!????) se estudei nesse livrinho "Caminho Suave", mas O VI OUTRO DIA (no Brasil) numas Livraria, sabia? Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oi Ju ontem não consegui deixar um coment. então sabe que epoca gosto e lembro com uma certa paixão? época da M oreninha lembra, vestidos armados rendas combinando com sombrinha, lençinho na mão não era lindo???
    amo tbem tudo isso q vc colocou ai, objeto q gostaria de ter : uma geladeira sabe aquelas arredondadas vi uma esses dias aqui perto demais um dia q sabe terei,
    beijosss amor
    te amo

    ResponderExcluir
  14. Oi Juliana,

    Muito prazer! Sou Celina. Coisas não acumulo, nem novas, nem antigas. Mas livros tenho alguns há 40 anos (comprei novinhos em livrarias ou de vendedores de coleções que batiam de porta em porta. Ainda há?) e 2 quadros há 30 anos, 1 do Gouvea, sou fascinada pela minha marinha! Também amo filmes antigos!

    Girassóis nos seus dias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu fiz História, amo o passado, tenho um pé sempre lá. Acho até que sou de outra época!
    Adoro objetos que remetem ao passado, que tem lembranças, carregam nossa história. Adorei o post, adorei ver essa menininha no balanço!

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Juju,que nostálgico seu post.Gosto de coisas antigas que fizeram parte da minha Infância. Tenho um relógio romano que toca uma música que me embalou desde que nasci. Lembra meus pais e de todo amor que sinto por eles. Das madrugadas em que vinham me cobrir, trocar e dar mamadeira e nanar. Acho que gosto é mais das recordações que eles me trazem (objetos) Tenho um telefone anos 50 que também fez parte da minha infância e o desenho dele, som me fascinam ainda hoje (é uma baita briga para eu mudar para um moderno) Tenho revistas de decoração dos anos 70 e percebo que por maior que sejam as mudanças, os lares ainda ficam aconchegantes, com o famosa poltrona Berger, lustres de cristal, tapetes e cadeiras de madeira. A tecnologia não venceu a maneira natural de morar das pessoas. Pelo menos de uma grande parte delas....
    Juju tudo de bom pra vc..abraçossss

    ResponderExcluir
  17. Olá, adorei seu blog e dicas, já virei seguidora!

    faço um convite para conhecer meu cantinho e trocármos dicas.

    saudeedecoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Ju adoro estas coisas antigas também.
    Seleções aprendi a ler com minha mãe, ela adorava e eu também, confesso que as de hoje não me atraem tanto, já comprei, li algumas das atuais, mas não tem o mesmo encanto.
    Também tive uma máquina daquelas e o telefone vermelho, nossa era a moda fina nos anos 80, como não lembrar.
    Mas a lindeza do post é tu no balanço, cabelo pra ninguém botar defeito, linda você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Ju,

    As coisas antigas exercem um fascínio sobre mim, mas um estilo específico não tenho não, quem sabe ainda desenvolvo.
    Adorei sua participação no post, mas acho que na blogosfera, assim como na vida algumas regrinhas fazem toda a diferença, aparam arestas e diminuem as pendengas naturais quando envolve muita gente e de formação variada. Grandes beijos

    ResponderExcluir
  20. Ai, moça. Quando vi o telefone vermelho lá no mosaico da Rê quase morri. De inveja! rsrsrs Falei ontem para o marido que queria um vermelho na sala. Até sonhei com ele. Mas marido disse que não funcionava... sniff.

    Beijo e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  21. Também aprendi a ler com a cartilha Caminho Suave e usei muuuito uma máquin a de escrever parecida com a sua, só que laranja. Bons tempos, né?
    Adorei seu blog e já estou te seguindo!

    Bjs,

    Cris

    ResponderExcluir
  22. oi juju
    amei essa sua maquina de escreve,
    me chamou a atenção porque estou em duvida se comprar ou não uma assim.
    alias o meu o meu post de hoje é sobre isso!!!
    e o telefone vermelho..ai meu deus!!
    meu marido também abomina tudo que tem mais de dez anos de vida!!!



    bacione

    ResponderExcluir

Olá! Tudo bem?
Obrigada pela sua visita e comentário! Fico muito contente!
Gostou do post? Espalhe por ai!