As Palavras Esquecidas ou em Desuso



Geralmente eu faço esse post de sexta feira intitulado "Qual é a Boa de Sexta?"Já tinha no rascunho prontinho mas resolvi postar um texto que há dias estou pensando em fazer sobre as palavras, sentimentos. 
Sinto que preciso "parir" isso hoje. Então a Boa de Sexta é esse texto que fiz com carinho:


Hoje a Gentileza e a Cortesia vieram me visitar, tomamos um chá e ficamos conversando saudosas do tempo em que elas eram as garotas pops do momento e faziam sucesso com quem quer que quisesse fazer uso delas.

Me contaram ainda que existe uma certa recompensa por certas palavras : "Por favor," Desculpe" Com Licença" e os trigêmos "Bom Dia, Boa tarde e Boa Noite", paga-se bem a quem as encontrar.

A Gentileza desanimada relatou que os jovens de hoje debocham dela, porém em tom de sussuro a Cortesia me confidenciou que não é só os jovens, é uma grande parte das pessoas e isso não inclui idade.

No nosso chá, fiquei sabendo que moram no Recanto Das Palavras Esquecidas e que vez ou outra recebem visitas e alguém vem buscar uma ou outra  para levar ao mundo suas experiências, voltam felizes por terem sido lembradas, porém são raros esses dias e ficam ali tricotando peças entremeadas por linhas que a Esperança traz para elas em suas visitas breves.


Durante nossa conversa me confidenciaram que existe um novo grupo de palavras que andam fazendo sucesso e que seu uso "está na moda" que seriam a Mentira, Arrogância, Grosseria e a Fofoca, me falaram que essas palavras são boas de oratória e que convencem sempre, porém elas temem quando a Consciência faz ronda pelos becos por onde ficam a espreita de usuários  novos, vez ou outra a Sinceridade liderada pela Amabilidade, e a Simplicidade neutralizam seus poderes e elas ficam fracas e fogem.

A Gentileza me contou ainda que a Verdade e o Amor são fortes ainda e que sempre fazem visitas e que a Cortesia fica alegre quando os avista.

Nosso chá termina, e elas retornam para o Recanto das Palavras Esquecidas aproveito e fico reflexiva, ligo para um número conhecido que é a Consciência minha grande amiga, e conversamos, ela me passa para Sabedoria  que diz que está contente com meus avanços porém me lembra firme que todo dia é preciso recomeçar e que se uma manhã foi perdida por algumas palavras errantes a tarde pode ser recomeçada novamente e o dia não foi perdido.

As perdas sempre se transformam em ganhos, sejam elas quais forem na vida. Levanto e mentalmente reservo lugar no meu coração para que a Gentileza, o Amor e a Sabedoria venham me visitar sempre que puderem.


*Escrito originalmente por Juliana Ramalho, todos os direitos reservados conforme a lei de autoria. *Plágio é crime*


16 comentários:

  1. A sabedoria foi a estrela desse chá! Parabéns! Texto lindo e necessário.

    Bom dia com buquês de girassóis.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. muito bacana esse post. certas palavras não deviam nunca serem esquecidas nem saírem de moda.

    bom dia!

    ResponderExcluir
  3. Muito bem construído o texto! Parabéns!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Perfeito. Original.

    Gentileza, Amor e Sabedoria são o que este mundo mais precisa. Sabedoria usada para o bem.

    beijos e um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Tem palavras que deveriam se eternizar como mantra na boca das pessoas... O mundo ficaria bem melhor!

    Parabéns Ju! Texto leve, cheio de sutilezas com toques de verdades...Amei!

    Uma BOA sexta p/ vc!

    Beijãoooooooooooo

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto, Ju.

    Palavras delicadas, dão o recado sem ferir ninguém. Aqui em casa chamamos de "palavras mágicas" >> "Por Favor, Obrigada, De nada, Não tem de quê... tem até musiquinha.

    Se cada um cultivar as boas maneiras, os bons pensamentos, as boas atitudes em si próprio. Imagina só a onda de boas energias que irá contagiar boa parte dos que estão a sua volta ?

    Beijo grande, obrigada por nos presentear com este texto fantástico, ótimo final de semana !!

    ResponderExcluir
  7. Texto muito pertinente mesmo!
    Adorei! O chá foi muito proveitoso.
    Adoro textos assim, reflexivos.
    Um beijo, JU!

    ResponderExcluir
  8. Oi Ju,

    Texto excelente, que delícia lê-lo. ;oD

    Uma pena que a maioria dessas palavras, que deveriam se essenciais todos os dias, são esquecidas e abandonadas. Com certeza, a convivência seria muito mais prazerosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o seu texto!
    Muitas dessas palavras cairam tanto do desuso que quase perderam até o significado.....
    Se perguntar por aí o que significa gentileza, lealdade, altruísmo, cortesia, amabilidade, distinção, desprendimento, polidez, civilidade t tantas outras, pouca gente sabera lhe dizer.
    Elas não frequentam mais os lares, as escolas, os transportes coletivos, as ruas.....
    E como nos fazem falta!

    bjos

    ResponderExcluir
  10. Jú, lindo texto...

    Palavras que estão em extinção. Mas que aqui em casa são regras, ou elas ou nada. Creio que para a formação do indivíduo elas são fundamentais, sem esquecer é claro do Por favor e do Obrigado, que são a chave para entrar e sair de qualquer lugar.

    Bjão

    ResponderExcluir
  11. Nãoooooo...Pára tudo!
    Eu já tinha lido um texto cujo título era a loucura e o amor que colocava os sentimentos como personagens e achei muito legal, mas este que vc escreveu vai além.
    Por favor. A senhora deixa eu trabalhar ele com meus alunos?? Claro, com os devidos créditos!!!
    Vai fazer sucesso! Dava até pra trabalhar com as "theachers" naquelas jornadas pedagógicas que participo.
    Bom texto jú, parabéns!
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Ju amiga linda, sabes que ADORO tudo que escreves, mas esse texto menina ficou MARAVILHOSO, eu estou simplesmente encantada por ele.
    Não vou falar nada,porque eu não conseguiria dizer nada a altura do mesmo.
    Parabéns amiga, lindo, emocionante, verdadeiro, uma aula mais que necessária.
    Beijos minha flor

    ResponderExcluir
  13. Ju,
    para não esquecer eu tenho um selo em meu blog que diz:"gentileza gera gentileza".
    bjs e bom fim de semana
    Jussara

    ResponderExcluir
  14. Dá para construir um museu de palavras.Mas será preciso colocar um pequeno comentário abaixo de cada uma,explicando quando e como foram usadas.Que belo texto,muita emoção na perda dessas palavras.Vc passou tudo isso.Lindo Juju,muito lindo.

    ResponderExcluir
  15. Ju adorei o seu texto. Aqui em casa essas palavras que são do "des-uso" popular tento transformar em corriqueiras. Por isso minha filha (graças a minha insistência) também faz uso das mesmas...mas somos quase uns dinosauros...rsrs

    Muita luz e paz.
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Preciso guardar este texto para ler e reler. Ontem me faltou gentileza ao encontrar com uma pessoa que é má e arrogante. Não queria ser como ela e acabei sendo.

    Vou compartilhar.

    brigadaaaa

    ResponderExcluir

Olá! Tudo bem?
Obrigada pela sua visita e comentário! Fico muito contente!
Gostou do post? Espalhe por ai!